8 Minha experiência com o curso de Psicologia. Parte dela, pelo menos.



Oi gente, o post de hoje é bem especial, porque o pedido partiu de uma leitora! Outro dia recebi um e-mail muito fofo de uma leitora (adoro quando vocês me mandam e-mail! Continuem) ela elogiava o blog e me disse que viu que eu estudava Psicologia e que ela também tinha vontade de fazer o curso.  Me pediu para fazer um post contando um pouco mais sobre o curso, então vamos lá.

Em uma rápida consulta ao Google:

“Psicologia é a ciência que estuda o comportamento (tudo o que organismo faz) e os processos mentais (experiências subjetivas inferidas através do comportamento). O principal foco da psicologia se encontra no indivíduo, em geral humano. A psicologia científica, tratada neste artigo, não deve confundir-se com a psicologia do senso comum ou psicologia popular que é o conjunto de ideias, crenças e convicções transmitido culturalmente e que cada indivíduo possui a respeito de como as pessoas funcionam, se comportam, sentem e pensam. A psicologia usa em parte o mesmo vocabulário, que adquire assim significados diversos de acordo com o contexto em que é usado. Assim, termos como "personalidade" ou "depressão" têm significados diferentes na linguagem científica e na linguagem vulgar.”


Minha história com a Psicologia começou quando eu ainda estava no ensino fundamental, tinha uma professora de História que eu gostava e ainda gosto muito! Nós conversávamos muito e um dia ela me disse sobre o curso, que eu seria uma boa psicóloga, desde então, comecei a pesquisar mais sobre o curso e nunca mais pensei em fazer outra coisa. Antes de entrar na faculdade, o assunto que eu mais me interessava era a Psicopatologia, especificamente os psicopatas. Achava fascinante e sempre lia muito a respeito. Enfim em Fevereiro de 2011 comecei a estudar e digo com sinceridade que não me vejo em outra profissão, se não a Psicologia. É realmente uma paixão. Meus primeiros períodos foram incríveis, fiz grandes descobertas! Algo que jamais será tirado de mim. E a medida que fui avançando, as dificuldades foram surgindo... Digo que o 4º período foi o mais difícil, pelo menos para mim. Passei por uma “crise”, mas que aos poucos estou melhorando. Também porque não me identificava muito com as matérias. Não posso deixar de citar os professores EXCELENTES que tive e tenho!  Todos são realmente MESTRES. E eles realmente fazem a diferença. Quanto às matérias, eu amo estudar o DESENVOLVIMENTO HUMANO (na minha faculdade é dividido em três partes o desenvolvimento:  1º  Psicologia do Desenvolvimento - Infância, que estudei no terceiro período.  No quarto, estudei a 2ª parte que foi  Psicologia do Desenvolvimento - Adolescência e agora no 5º período, estudo Psicologia do Desenvolvimento- Maturidade e Velhice. Eu simplesmente amei essas três matérias! Sério, são incríveis. Destaco ainda, a matéria de Psicopatologia Geral, que apesar de difícil, é muito boa!
Quando se fala em Psicologia, ainda existem muitos mitos, algumas pessoas ainda confundem, ou não sabem ao certo o que o psicólogo faz!  Já aconteceu de um colega de classe ser abordado por uma senhora e ela dizer: Você faz Psicologia? Poderia ler minha mão? Confundem a Psicologia com a Astrologia, o que não tem nada a ver. Psicólogo não lê mente!  Então é preciso sempre deixar bem claro que nos embasamos puramente na Ciência!  Quanto ao campo de atuação, esse é vasto! O psicólogo pode e deve estar inserido na sociedade e se envolver com as questões. Pode atuar, por exemplo, em escolas, penitenciárias, empresas, clínicas, não para por aí...  Bom, acho que deu para passar um pouco a minha experiência com o curso, caso desejem saber algo mais, por favor, deixe aqui nos comentários, terei prazer em responder! Espero que tenham gostado!





Para encerrar, deixo este vídeo!

video


*Vídeo de divulgação do curso de Psicologia da Faculdade de Saúde Ibituruna em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

*Se o vídeo não abrir, me avisem nos comentários que eu deixo o link. Tentei colar direto do Youtube, mas não deu.


9 Vamos para a Cozinha? Receita básica de Cupcake.




 Vamos para a cozinha amores? A  receitinha de hoje é básica e muito gostosa!




Ingredientes:

250 gr de farinha de trigo
250 gr de açucar refinado
250 gr de margarina em temperatura ambiente
4 ovos
2 colheres de sopa de leite
1 colher de sopa de fermento pó
1 colher café essência de baunilha

Recheio:

Doce de leite ou brigadeiro

Cobertura:

                                                     500 gr chocolate meio amargo
                                                             confeitos variados


Na batedeira bata os ovos, a margarina e o açúcar até virar um creme. Acrescente o leite e a farinha e bata ate misturar por completo. Misture o fermento delicadamente e coloque em forminhas para assar no forno pré-aquecido por 20 minutos.
(as forminhas de papel são especiais pra cupcake, caso não tenha as formas de alumínio pra assar, use as de papel mesmo, mas coloque em 5 forminhas juntas.)
Depois de frio faça um furo e coloque o recheio com uma colher e tampe. Decore com chocolate
derretido e confeitos

                 Inspire-se com essas imagens para decorar seus cupcakes!







E aí, gostaram? Vão fazer? Tire fotos e mande no e-mail do blog que eu publicarei! Não se esqueça de comentar!
Beijos.



*Todas as imagens são tiradas da internet, caso alguém ache uma foto sua, ou de sua autoria e não goste favor entrar em contato. A imagem será retirada de imediato.
 

P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2011 Blue Jeans! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger