5 Diário de uma Estudante de Psicologia.


O post de hoje é mais um da série Diário de uma Estudante de Psicologia.




Estou chegando ao final do curso, nem acredito que já se passaram quatro anos e que só falta mais um! Isso mesmo Senhores, se tudo der certo, ao final de 2015 finalmente estarei me formando. E como estou? Bom, agora estou praticamente no fim do 8º período e me sinto cansada! Sim, cansada. Tudo agora se tornou mais denso e não sei se acontece com todo mundo, mas me sinto assim. 

Tirei umas férias meio que forçadas de um dos estágios  e agora estou tendo mais tempo em casa ( o que em nada me ajuda, acreditem!) paralelo a ele, tinha e ainda tenho, meu estágio em um Centro de Convivência que tem sido muito bom. Vou uma vez por semana e participo de uma oficina de Comunicação e Artes, adoro estar com os usuários de Saúde Mental, eles sempre ensinam muito! Sei que não é toda cidade que conta com os Centros de Convivência, então, se quiserem um post mais detalhado, terei prazer em fazê-lo! Deixem aqui nos comentários as dúvidas de vocês. 

Bom, em relação as disciplinas, tenho duas que ao meu ver são as mais densas: Tópicos em Psicoterapia-Fenomenológico-existencial e Tópicos em Psicoterapia-Psicanálise, os textos nos pedem um nível de abstração bem maior e as matérias em si são complexas! As demais são: Políticas Públicas, Psicofarmacologia e Saúde Mental e Trabalho. De agora em diante, tudo vai ficar mais apertado, só trabalhos e as provas finais. Pensando por um lado é bom, porque falta só um mês e poucos dias para o fim do semestre, por outro, penso nos trabalhos e nas provas e já bate aquela ansiedade. 

Ah, esqueci de dizer, além de tudo isso, minha turma foi remanejada para o turno da noite! Não funciono muito bem a noite e não me programei para uma troca tão significativa assim. Tudo isso, por causa de uma manobra da faculdade. ¬¬
Tive que me adaptar a esta nova rotina e aos poucos as coisas vão se encaixando novamente. Como tudo, existe o lado bom e o ruim... Dentre as coisas boas, unimos as turmas ( manhã e noite), vamos formar todos juntos e ainda não nos conhecíamos! Agora estamos na mesma sala e temos a oportunidade de interagir um pouco mais. 

 É isso amigos, um resumão do que está sendo minha experiência com o curso.



Essa sou eu quando chego tarde da noite em casa...

Espero que tenham gostado e até mais!


*Todas as imagens são tiradas da internet caso alguém ache uma foto sua, ou de sua autoria e não goste favor entrar em contato. A imagem será retirada de imediato.

4 Resenha: Big Party - Dailus.


Depois de muito tempo, trago uma resenha para vocês! Tenho esse batom, já há algum tempo e hoje, posso resenhá-lo com propriedade. Estou falando o Big Party, da Dailus! Ele  é um rosinha muito bonito, similar ao Chatterbox – MAC apesar de ser matte, não é tãoo seco.


 A Embalagem: É linda e dá para ver a cor no meio! Achei bem resistente.

A Textura: Ele não é totalmente seco, opaco. Ele é um cremoso na textura certa, que não escorre nem sai com tanta facilidade. 

Durabilidade e Pigmentação: Para mim tem uma durabilidade boa, não achei que saiu tão rápido dos lábios. A pigmentação é boa também, não tenho do que reclamar... Ele fixa bem a cor e ao longo do tempo, claro, precisa ser retocado.

O cheiro: É uma coisa que fico bem atenta e o cheiro não me incomodou, não sei muito bem definir cheiros, mas algo parecido com manteiga de cacau.





No geral, achei que valeu a pena o investimento. Na época, paguei por volta de R$ 12,00 e já usei bastante. Fiquei bem curiosa para experimentar os demais batons da linha... Alguém aí já usou? O que acham?


Beijos e até a próxima!

10 Especial Halloween: Um pouco de tudo.



Como vocês sabem hoje dia 31 de Outubro é considerado o Dia das Bruxas / Halloween e eu queria trazer algumas opções para caso você vá comemorar por aí...



Um pouco de História.

“O Dia das Bruxas | Halloween é o nome original na língua inglesa e é um evento tradicional e cultural, que ocorre basicamente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem as celebrações dos antigos povos (não existem referências de onde surgiram essas celebrações).
Possivelmente, a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura (trick or treat, "doce ou travessura"), teve origem na Inglaterra, no período da perseguição protestante contra os católicos (1500-1700). Não existe ligação dessa festa com o mal. Na celebração atual do Halloween, podemos notar a presença de muitos elementos ligados ao folclore em torno da bruxaria. As fantasias, enfeites e outros itens comercializados por ocasião dessa festa estão repletos de bruxas, gatos pretos, vampiros, fantasmas e monstros, no entanto isso não reflete a realidade pagã.”

Para aqueles que querem dar uma festa temática, separei alguns doces bem legais.


 Olha só que criativo este doce com o formato de cérebro! *-------*



Hhahahah *brigadeiranha*  Brigadeiro + Aranha.


Eu queria provar um desses.

Se você for a uma festa, mas não quer se fantasiar, capriche  nas unhas e na make.


De todas essa é a mais elaborada, e uma das que eu mais gostei.


Unha de abóbora! *----*


Make da Betty Boop.



 Que gracinha! *---*

Já quem gosta de se fantasiar, separei essas aqui ó:

Fugindo um pouco dos mosntros, as fantasias de Pin Up são muito válidas e nem são tão difíceis de se produzir.





O que as famosas usam.

E aí, o que acharam do post? Aproveitem bastante! 

 
Beijos.


P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home
 

Copyright © 2011 Blue Jeans! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger